PDA

View Full Version : Palavras de origem africana no vocabulário brasileiro



Heather Duval
01-04-2018, 01:55 AM
A
ABADÁ – Túnica folgada e comprida. Atualmente, no Brasil, é o nome dado a uma camisa ou camiseta usada pelos integrantes de blocos e trios elétricos carnavalescos.
ABARÁ – Quitute semelhante ao acarajé. A massa feita de feijão fradinho e os temperos são os mesmos. Os bolinhos envoltos em folhas de bananeira são cozidos em banho-maria.
ACARÁ – Peixe de esqueleto ósseo.
ACARAJÉ – Bolinho feito de massa de feijão-fradinho frito no azeite de dendê e servido com camarões secos.
AFOXÉ – Dança, semelhante a um cortejo real, que desfila durante o carnaval e em cerimônias religiosas.
AGOGÔ – Instrumento musical formado por duas (ou três) campânulas ocas de ferro.
ALUÁ – Bebida feita de milho, arroz cozido ou com cascas de abacaxi.
AMUO – sm. Mau humor passageiro, revelado no aspecto, gestos ou silêncio; arrufo, calundu.
ANGOLA – Nome dado a uma das mais conhecidas modalidades do jogo de capoeira e, também, a um dos cinco países africanos de língua portuguesa.
ANGU – Massa de farinha de milho ou de mandioca. Angu-de-caroço: Coisa complicada.
AXÉ – Saudação; força vital e espiritual.
AZOEIRA – Barulhada, zoeira, bagunça.
B
BABÁ – Ama-seca; pessoa que cuida de crianças em geral; pai-de-santo; a origem é controvertida sendo, para alguns estudiosos originária do quimbundo, e para outros do idioma iorubá.
BABACA – Tolo; boboca.
BAGUNÇA – Baderna, desordem.
BALANGANDÃS – Enfeites,originalmente de prata ou de ouro, usados em dias de festa.
BAMBAMBÃ ou BAMBA – Maioral, bom em quase tudo que faz.
BAMBERÊ – Cantiga de ninar entoada por negras velhas da Região Amazônica. (“Bamberê, bamberá / criança que chora quer mamá / Moça que namora quer casá / Galinha que canta quer botá / Bamberê, bamberá)
BAMBOLÊ – Aro de plástico ou metal usado como brinquedo.
BANCAR – Fazer o papel de; fazer-se de.
BANGÜÊ – Padiola de cipós trançados na qual se leva o bagaço da cana.
BANGUELA – Desdentado. Os escravos trazidos do porto de Benguela, em Angola, costumavam limar ou arrancar os dentes superiores.
BANGULÊ – Dança de negros ao som da puíta, palma e sapateados.
BANTO – Nome do grupo de idiomas africanos em que a flexão se faz por prefixos.
BANTOS – Povos trazidos do sul da África, principalmente de Angola e Moçambique, que espalharam sua cultura, idiomas e modos.
BANZAR – Meditar, matutar.
BANZÉ – Confusão.
BANZO – Tristeza fatal que abatia os escravizados com saudades de sua terra natal.
BAOBÁ – Árvore de tronco enorme, reverenciada por seus poderes mágicos.
BATUQUE – Dança com sapateado e palmas, com som de instrumentos de percussão. É uma variante das rodas de capoeira, praticada pelos negros trazidos de Angola para o interior da Bahia. No sul do Brasil, é sinônimo de rituais religiosos e, no interior do Pará, é uma espécie de samba.
BERIMBAU – Instrumento musical, composto de um arco de madeira com uma corda de arame vibrada por uma vareta, tendo uma cabaça oca como caixa de ressonância.
BIRITA – Cachaça; gole de cachaça.
BITELO – Grande; de tamanho exagerado.
BOBÓ – Um tipo de purê feito de aipim ou inhame.
BOCA-DE-PITO – Pitada; tragada em cigarro, charuto ou cachimbo; disposição para fumar provocada pela ingestão de café ou bebida alcoólica.
BOMBA – Certo doce de forma cilíndrica ou esférica feito de massa cozida e glaçado na parte superior.
BOROCOXÔ – Molenga. Entristecido.
BRUACA – Espécie de mala ou sacola que se levava no lombo de animais.
BUGIGANGA – Objeto de pouco ou nenhum valor ou utilidade.
BUNDA – Nádegas, na língua falada pelos bundos de Angola.
BÚZIOS – Conchas marinhas usadas antigamente na África como moedas e, em nossos dias, em cerimônias religiosas e em jogos de previsão.
C
CAÇAMBA – Balde para tirar água de um poço; local onde se depositam detritos.
CACHAÇA – Bebida alcoólica; pinga; durante muito tempo, os negros escravizados, banhados em suor, giravam manualmente as rodas dos engenhos de açúcar e, do vapor originário da fervura do caldo da cana, escorria pela parede e pingava do teto (daí o porque o nome “pinga”)a bebida de sabor clássico, que ardia nos olhos e foi batizada de “pinga”.
CACHIMBO – Tubo de fumar, com um lugar escavado na ponta para se colocar o tabaco.
CACIMBA – Poço ao ar livre, onde se retém a água da chuva para diversas finalidades. Cova que recolhe água de terrenos pantanosos.
CAÇULA – O mais novo.
CACULÉ – Cidade da Bahia.
CACUNDA – Corcunda. Corcova. Costas.
CAFIFE – Diz-se de pessoa que dá azar.
CAFOFO – Lugar que serve para guardar objetos usados; nos dias atuais, serve também para designar moradia pequena, mas aconchegante.
CAFUÁ – Esconderijo. Casebre.
CAFUCA – Centro; esconderijo.
CAFUCHE – Irmão do Zumbi.
CAFUCHI – Serra.
CAFUNDÓ – Lugar afastado, de acesso difícil.
CAFUNÉ – Coçar a cabeça de alguém.
CAFUNGÁ – Pastor de gado.
CAFUZO – Mestiço de negro e índio.
CALANGO – Lagarto. Dança afro-brasileira.
CALOMBO – Inchaço. Quisto, doença.
CALUMBÁ – Planta
CALUNDU – sm. Mau humor; amuo.
CALUNGA – sf. 1. Coisa qualquer de tamanho reduzido. 2. Boneco pequeno. O mar; boneca carregada pelas damas do paço nos desfiles de reis e rainhas dos Maracatus de nação em Pernambuco; símbolo da realeza e do poder dos ancestrais.
CAMUNDONGO – Rato pequeno.
CANDOMBLÉ – Casas ou terreiros de diferentes nações – Angola, Congo, Jêje, Nagô, Ketu e Ijexá – onde são praticados os rituais trazidos da África. Esses cultos são dirigidos por um Babalorixá (pai-de-santo) ou por uma Ialorixá (mãe-de-santo). Um dos mais tradicionais é o de Gantois,em Salvador, na Bahia. No passado, o candomblé foi muito perseguido.
CANDONGA – Intriga, mexerico.
CANGA – Tecido com que se envolve o corpo. Peça de madeira colocada no lombo dos animais.
CANJERÊ – Feitiço, mandinga.
CANJICA – Papa de milho verde ralado.
CAPANGA – Guarda-costas. Bolsa pequena que se leva a tiracolo.
CAPENGA – Manco. Com andar de bêbado.
CAPOEIRA – Jogo de corpo, agilidade e arte, que usa técnicas de ataque e de defesa com os pés e as mãos. As rodas são acompanhadas por palmas, pandeiros, chocalhos, berimbaus e cânticos de marcação.
CARIMBO – Instrumento de borracha. Marca. Sinal.
Carimbó – Tipo de dança afro-brasileira originária da região norte do Brasil.
CARURU – Iguaria da culinária afro-brasileira, feita com folhas, quiabos e camarões secos.
CASSANGUE – Grupo de negros da África.
CATIMBA – Manha. Astúcia.
CATIMBAU – Prática de feitiçaria.
CATINGA – Fedor; mau cheiro.
CATITA – Pequeno, baixo, miúdo. Nome dado no Nordeste a um ratinho novo.
CATUNDA – Sertão.
CATUPÉ – Cortejo afro-mineiro. As fardas de seus integrantes são enfeitadas de fitas, sendo que dançam e cantam acompanhados por instrumentos de percussão.
CAXAMBU – Grande tambor usado na dança harmônica.
CAXANGÁ – Jogo praticado em círculo. Os versos de uma velha cantiga, baseada nessa brincadeira, são bem populares.
CAXIXÍ – Chocalho pequeno feito de palha.
CAXUMBA – Inflamação das glândulas salivares.
CAZUMBÁ – Negro velho, personagem do Boi-Bumbá paraense.
CAZUMBI – Alma penada.
CHILIQUE – Desmaiar. “Ter um troço”.
CHUCHU – Fruto comestível.
COCHILAR – Breve soneca. Sono leve.
CONGADAS ou CONGOS – Danças dramáticas com enredo e personagens característicos, como reis, rainhas, príncipes, princesas, embaixadores, chefes de guerra e guerreiros, que se despedem, no final das apresentações, cantando.
COQUE – Bater na cabeça com o nó dos dedos. Tipo de penteado onde o cabelo é todo preso num arranjo único no alto da cabeça; há uma corrente que acredita ser o nome proveniente do inglês “cock”, que significa galo, e outra que associa o nome a barulho que é feito e também ao “galo” na cabeça.
CUBATA – Choça de pretos; senzala. Palhoça
CUÍCA – Instrumento musical que emite um ronco peculiar.
CUMBA – Forte, valente.
CUMBE – Povoação em Angola.
D
DENDÊ – Fruto de uma palmeira (dendezeiro), de onde é extraído o azeite.
DENGO – Gesto de carinho. Manha, birra.
DENGOSO – Manhoso. Chorão.
DIAMBA – Um tipo de erva alucinógena.
E
EBÓ – Oferenda feita aos orixás para se resolver os mais diferentes desejos e problemas.
EFÓ – espécie de guisado de camarões e ervas, temperado com azeite de dendê e pimenta.
EMBALAR – Acalentar; balançar; fazer adormecer.
EMPACAR – Não continuar. Não prosseguir. Diz-se quando o animal firma teimosamente as patas para não prosseguir viagem.
ENCABULAR – Envergonhar-se. Ficar vexado por algum motivo.
ENGABELAR – Enganar. Iludir jeitosamente. Trapacear. Engodo. Embuste.
ESCANGALHAR – Desordem. Confusão. Desmantelo. Dano causado por estrago.
ESPANDONGADO – Desajeitado. Defeituoso. Arruinado. Desarrumado. Relaxado. Descomedido. Arreliado.
EXU – Divindade que é considerada o intermediário entre o Céu e a Terra. Aquele que está em todos os lugares. Dono das encruzilhadas. Representa a ambivalência humana, os comportamentos e desejos contraditórios.
F
FAROFA – Mistura de farinha com água, azeite ou gordura.
FOFOCA – Intriga. Mexerico
FUÁ – Briga. Rolo. Desordem. Intriga. Diz-se também do eqüino arisco.
FUBÁ: Farinha de milho.
FULEIRO – Reles. Ordinário. Sem Valor. Farrista.
FULO: Irritado. Zangado.
FURDUNCIO – Também pronunciado e escrito como “Forduncio”, significa festança popular. Divertir-se com alarido. Barulho. Desordem.
FUNGAR – Fazer ruído com o nariz ao inspirar o ar. Assoar o nariz. Coriza na fossa nasal. Fuçar.
FUTUM – Mau cheiro. Fedor. Peixe morto na superfície da água.
FUXICO – Falar mal dos outros. Artesanato popular feito com pedaços de panos. Costurar superficialmente. Alinhavar. Amarrotar.
FUZARCA – Farra. Desordem. Bagunça.
FUZUÊ – Festa. Confusão. Turbilhão nas águas de um rio.
G
GALALAU – Pessoa muito alta.
GAMBÉ – Designação de um policial na gíria dos travestis, menores e delinqüentes em geral.
GANDAIA – Farra. Bagunça. Vadiagem. Ofício de trapeiro. Pessoa sem préstimo. Inerte.
GANGA ZUMBA – Título dado aos chefes guerreiros. Um dos mais famosos líderes da confederação de Quilombo dos Palmares, na Serra da Barriga, em Alagoas.
GANZÁ – Chocalho.
GARAPA – Caldo da cana. Bebida formada pela mistura de mel-açúcar-água.
GERINGONÇA – Coisa malfeita e de duração precária. Objeto ou coisa estranhos cujo nome e finalidade não se conhece.Ginga – Bamboleio. Balanço com o corpo. Dançar com o corpo ao som de uma música ou instrumento. Movimento corporal na capoeira, na dança e no futebol. Sacerdotisa do culto Omolocô. Remo que se usa para fazer a embarcação balançar.
GINGA – Movimento corporal na capoeira, na dança e no futebol.
GOGÓ – Pomo-de-Adão. Garganta. Laringe
GONGUÊ – Instrumento musical semelhante ao agogô.
GOROROBA – Comida feita com restos de diversos alimentos. Diz-se também do indivíduo lento, molengão ou covarde.
GRIGRI – Amuleto que protege o seu possuidor.
GUANDU – O mesmo que andu (fruto do anduzeiro), ou arbusto de flores amarelas, tipo de feijäo comestível.
GUIMBA – Resto ou ponta do cigarro.
H
HÃ – Interjeição de surpresa, espanto ou de admiração entre os Iorubás. Manifestação de incompreensão. Não entendimento.
I
IAIÁ – Tratamento dado às moças e meninas na época da escravidão. Na Luanda antiga, era o tratamento respeitoso que as filhas e netas dos escravos davam às patroas.
IEMANJÁ : deusa africana, a mãe d’água dos iorubanos.
IMPALA – Espécie de antílope africano. O nome batizou também um modelo de automóvel da Chevrolet.
IMPLICAR – Provocar. Amolar. Intrometer. Contender. (Atualização, a etimologia da palavra vem do Latim ).
INHAME – Designação comum de um tipo de tubérculo comestível menor que a mandioca; homem de corpo defeituoso. Coisa ou objeto disforme ou deformada.
IORUBANO – Habitante ou natural de Ioruba (África).
J
JABÁ – Suborno oferecido a programador de emissora de rádio ou televisão para que inclua na programação determinada obra musical. Certo tipo de abóbora.
JABACULÊ – Gorgeta. Propina. Dinheiro.
JAGUNÇO – Capanga. Combatente das forças de Antonio Conselheiro na Guerra de Canudos. Cangaceiro.
JEGUEDÊ – Dança negra.
JERERÊ – Nome dado ao cigarro de maconha. Faísca. Centelha.
JERIBATA – Álcool; aguardente.
JILÓ – Fruto verde de gosto amargo.
JONGO – Dança tradicional afro-brasileira.
L
LAMBADA – Golpe dado com o chicote, tabica ou rebenque. Copo ou gole de bebida alcoólica. Dança de salão de origem amazônica. Significa bater, castigar, ferir, atingir com golpe ou pancada.
LAMBANÇA – Desordem. Sujeira. Serviço malfeito. Embuste. Trapaça em conversa ou jogo.
LAMBÃO – Indivíduo que não sabe lidar com as coisas sem sujar-se.
LAMBUJA – Vantagem que um jogador concede ao parceiro ou rival. Aquilo que se ganha ou dá além do combinado.
LAPADA – Lambada. Bofetada. Espécie de pá semelhante ao remo.
LARICA – Apetite desenfreado após a ingestão da maconha. Dificuldade. Aperto. Apuro.
LENGA-LENGA – Conversa, narrativa ou discurso enfadonho.
LERO-LERO – Conversa fiada. Palavreado vazio.
LIBAMBO – Bêbado (pessoas que se alteram por causa da bebida).
LUNDU – Primitivamente dança africana.
M
MAASSAGANA – Confluência, junção de rios em Angola.
MACULELÊ – Folguedo popular de origem baiana, misto de jogo de dança com bastões ou facões.
MACUMBA – Nome pejorativo dado aos cultos afro-brasileiros. Audaz. Ousado. Certo tipo de reco-reco. Cada uma das filhas de santo nos terreiros de origem Banta. Antigo jogo de azar. Antiga denominação que se dava à maconha.
MACUMBEIRO – adj. sm. Diz-se de, ou praticante da macumba. .
MALUCO – Alienado mental. Endoidecido.
MALUNGO – Título que os escravos africanos davam aos que tinham vindo no mesmo navio; irmão de criação.
MAMONA – Fruto da família das esforbiáceas. Rícino.
MAMULENGO – Fantoche. Teatro de fantoches.
MANDINGA – Bruxaria. Feitiço. Talismã. Qualidade de jogo de capoeira.
MANGAR – Zombar. Caçoar.
MANGUE – Comunidade geográfica localizada em áreas onde o solo é formado por uma lama escura e mole. Terreno lamacento.
MANHA – Choro infantil sem causa. Birra. Malícia. Ardil. Artimanha. Habilidade manual.
MARACATU – sm. Oriundo da região do Estado de Pernambuco (PE), é um cortejo carnavalesco que segue uma mulher que, num bastão, leva uma bonequinha enfeitada, a calunga. 2. Certo tipo de dança afro-brasileira. Em Recife/PE, os maracatus de nação representam embaixadas africanas com todo o séquito real.
MARACUTAIA – Trapaça. Embuste. Engodo. Golpe.
MARAFA(O) – Vida desregrada. Licenciosa. Cachaça. Vinho. Diz-se também do tipo de vida, por exemplo: “Viver na marafa…”, viver entregue ao vício da bebida e da vadiagem.
MANO – Tratamento respeitoso entre os antigos sambistas cariocas (“Mano” Elói, “mano” Décio etc.). Irmão.
MARIMBA– Peixe do mar. 2. Artifício de amarrar uma linha a algum objeto (pedra, garrafa, etc) para resgatar pipas onde não se alcança com as próprias mãos (RJ).
MARIMBONDO – Certo tipo de vespa.
MATUTO – Indivíduo que vive no mato. Na roça. Pessoa ignorante e ingênua.
MAXIXE – Fruto do maxixeiro. Certo tipo de chuchu espinhoso. Dança brasileira de salão.
MIÇANGA – Conta de vidro miúda. Ornatos feitos com esse tipo de conta. Colar.
MILONGA – Desculpas descabidas. Manhas. Dengues. Mexericos. Intrigas. Feitiço. Sortilégio Bruxedo. 2. Música e dança de origem platina.
MINGAU – Papa de farinha de cereais com leite, açúcar e outros ingredientes. Em língua oeste-africana, era um tipo de milho cozido em água e sal. Na linguagem Banta, é o ato de molhar o pão no pirão ou molho. (Retificação: Esta palavra vem do Tupi).
MOCAMBO – Cabana. Palhoça. Habitação miserável. Couto de escravos fugidos na floresta.
MOCHILA – Alforge. Bornal que se leva às costas.
MOCORONGO – Mulato escuro. Caipira. Indivíduo natural de Santarém/PA. Palhaço da folia de reis. Mosquito transmissor do impaludismo.
MOCOTÓ – Pata de bovino utilizada como alimento. Tornozelo.
MOLAMBO – Trapo. Pano velho rasgado ou sujo. Roupa esfarrapada. Indivíduo fraco e sem caráter. Corpo velho, cansado, moído.
MOLENGA – Mole. Indolente. Preguiçoso. Medroso e covarde.
MOLEQUE – Negrinho. Indivíduo irresponsável. Canalha. Patife.
MONDONGO – Indivíduo sujo e desmazelado. Boneco de pano sem governo.
MONGO – Sujeito bobo. Moleirão. Débil mental.
MOQUECA – Guisado de carne ou peixe tradicional da culinária afro-brasileira.
MORINGA – Garrafão ou bilha de barro para conter e refrescar água potável. Cântaro.
MUAMBA – Cesto ou canastra para transporte de mercadorias. Furto de mercadorias nos portos. Contrabando. Negócio escuso. Do Quimbundo: Carga.
MUCAMA – Escrava doméstica. Concubina. Escrava que era amante do seu senhor.
MULUNGA – Árvore.
MUNGUZÁ – Iguaria feita de grãos de milho cozido, em caldo açucarado, às vezes com leite de coco ou de gado. O mesmo que canjica.
MUQUIFO – Lugar sujo e em desordem. Palavra ligada ao Kicongo, significa também latrina. Casebre. Choupana
MURUNDU – Montanha ou monte; montículo; o mesmo que montão.
MUTAMBA – Árvore.
MUTRETA – Trapaça. Confusão.
MUVUCA – Confusão. Algazarra.
MUXIBA – Pelanca. Pedaços de carne magra. Retalhos de carne que se dá aos cães. Mulher feia. Bruxa. Seios flácidos de mulher.
MUXINGA – Açoite; bordoada.
MUXONGO – Beijo; carícia.
N
NENÊ – Criança recém-nascida ou de poucos meses. Provém do Umbundo “nene”, que quer dizer pedacinho, cisco.
O
ODARA – Bom. Bonito. Limpo. Branco. Alvo.
OGUM ou OGUNDELÊ – Deus das lutas e das guerras.
ORIXÁ – Divindade de religiões afro-brasileiras. Divindade secundária do culto jejênago, medianeira que transmite súplicas dos devotos suprema; divindade desse culto; ídolo africano.
P
PAMONHA – Certo tipo de iguaria derivada do milho. Diz-se também da pessoa molenga. Inerte. Desajeitada. Preguiçosa. Lenta.
PATOTA – Turma. Grupo.
PENDENGA – Litígio. Rixa. Contenda.
PERRENGUE – Dificuldade ou aperto financeiro. Diz-se também da pessoa fraca. Covarde. Animal imprestável.
PIMBA – Pênis de menino
PINDAÍBA – Falta de dinheiro. Miséria feia. (Atualização: Esta palavra é de origem Tupi).
PINGA – Aguardente extraída do caldo da cana.
PIRÃO – Papa grossa de farinha de mandioca.
(Atualização: Esta palavra é de origem Tupi).
PITO – Cachimbo. Cigarro. Repreensão. Censura. Dar bronca.
PITOCO – Objeto ou utensílio o qual já falta uma parte essencial. Parte amputada ou a restante no corpo humano.
PUITA : corpo pesado usado nas embarcações de pesca em vez fateixa.
Q
QUEIMANA – Iguaria nordestina feita de gergelim .
Quenga – Guisado de quiabo com galinha. Mulher prostituída. Meretriz.
QUENGO – Cabeça. Região próxima da nuca.
QUIABO – Fruto de forma piramidal, verde e peludo.
QUIBEBE – Papa de abóbora ou de banana.
QUIBUNGO – Invocado nas cantigas de ninar, o mesmo que cuca, festa dançante dos negros.
QUILOMBO – Valhacouto de escravos fugidos. 2. Quer dizer acampamento ou fortaleza. Folguedo popular alagoano em forma de dança dramática.
QUIMBEBÉ – B ebida de milho fermentado.
QUIMBEMBE – C asa rústica, rancho de palha.
QUIMGOMBÔ – Quiabo.
QUINDIM – Doce feito com a gema do ovo, côco e açúcar. Na Bahia significa também meiguice, dengo, encanto, carinho.
QUITUTE: Comida fina, iguaria delicada. Iguaria. Acepipe. Canapé.
QUIZÍL(I)A – Antipatia ou aborrecimento. Ojeriza. Aversão. Implicância.
QUIZUMBA – Confusão. Briga.
R
REQUENGUELA – Engelhado. Encolhido. Tímido. Fraco. Sem substância.
S
SAMBA – Dança cantada de origem africana de compasso binário (da língua de Luanda, semba = umbigada). Nome genérico de um ritmo de dança afro-brasileiro.
SAPECA – Diz-se de moça muito namoradeira ou assanhada. Diz-se também da criança muito arteira.
SARAPATEL – Guisado feito com sangue e miúdos de certos animais, especialmente o porco.
SARARÁ – Alourado. Arruivado.
SARAVÁ – Palavra usada como saudação nos cultos afro-brasileiros, significa “salve”.
SENZALA: alojamento dos escravos.
SERELEPE – Vivo. Buliçoso. Astuto. Esperto.
SOBA – Chefe de trigo africana.
SONGAMONGA – Pessoa dissimulada. Sonsa. Débil. Boba.
SOVA – Dar pancadas com a mão. Espancar.
T
TAGARELA – Pessoa que fala muito e à toa.
TANGA – Pano que cobre desde o ventre até as coxas.
TANGO – Dança argentina popularizada no Brasil, proveniente do espanhol “tango” e do Kimbundo “tangu” (pernada), que era uma forma de bailado de negros ao som de tambores e outros instrumentos.
TRAMBIQUE – Negócio fraudulento. Vigarice. Logro.
TRIBUFÚ – Maltrapilho. Negro feio.
TU – Diz-se do negro tido como sendo bruto. Boçal. Grosseiro. Oposto ao negro bom e passivo; “…Este samba/que é misto de maracatú/é samba de preto velho/ samba de preto TÚ…”; Pode ser também uma redução de Bantú.
TUNDA – Surra. Sova. Crítica severa.
TUTANO – Substância mole e gordurosa no interior dos ossos.
TUTU – Maioral. Manda-chuva. Indivíduo valente e brigão. Feijão cozido e refogado ao qual se vai adicionando farinha até dar a consistência de pirão. Dinheiro. Grana.Suborno. 2. Iguaria de carne de porco salgada, toicinho, feijão e farinha de mandioca.
U
URUCUBACA – Azar. Má sorte. Diz-se também de uma praga rogada por pessoa inimiga.
URUCUNGO – sm. Berimbau (instrumento musical).
V
VATAPÁ – sm. Da culinária (comida), iguaria de origem africana, à base de peixe ou galinha, com camarão seco, amendoim etc., temperada com azeite de dendê e pimenta.
X
XARÁ – Pessoa que tem o mesmo nome que outra.
XENDENGUE : magro, franzino.
XEPA – As últimas mercadorias vendidas nas feiras livres, mais baratas e de qualidade inferior. Sobras. Coisa inferior.
XODÓ – Amor. Sentimento profundo que se demonstra por algo ou alguém. Carinho.
Z
Zabumba – Tambor grande. Bumbo.
ZAMBI ou ZAMBETA : cambaio, torto das pernas. zumbi: sm. Fantasma que vaga pela noite, segundo lenda afro-brasileira. Nota: Nome do herói nacional Zumbi dos Palmares.
ZANGAR – Causar zanga (de zangado). Mau humor. Birra. Irritação. Diz-se também de coisa estragada ou azeda.
ZANZAR – Andar à toa. Sem destino.
ZIQUIZIRA – Doença ou mal-estar cujo nome não se conhece.
ZOEIRA – Conhece-se também por Azueira. Algazarra. Falatório.
ZOMBAR – Tratar com descaso. Escarnecer. Gracejar.
ZUNZUM – Boatos. Cochichos. Mexericos.
https://raizdosambaemfoco.wordpress.com/2015/07/17/palavras-de-origem-africana-no-vocabulario-brasileiro/

Heather Duval
01-04-2018, 01:58 AM
Bunda eu já sabia. Palavras comuns como "zoeira, moleque, caçula, babaca, babá" me surpreendeu! O resto eu só conheço por causa dos cantores Baianos como Ivete Sangalo.

Carlito's Way
01-04-2018, 02:04 AM
Some of these words are also found in Mexico
Like the word "Mano", it's a very Mexican slang, when I first heard it in Brazil I was really surprise

http://www.tubabel.com/definicion/38014-mano-manito-


So cool to know it has African origins

Heather Duval
01-04-2018, 02:08 AM
Some of these words are also found in Mexico
Like the word "Mano", it's a very Mexican slang, when I first heard it in Brazil I was really surprise

http://www.tubabel.com/definicion/38014-mano-manito-


So cool to know it has African origins

Yes. Brazil is not like US where black people speak AAVE and whites dont(due to racial segregations). Everyone here says words lile Bunda instead of Traseiro. Watch a Brazilian novela or reality show of unfamous people: Their vocabulary is very Africanized.

Carlito's Way
01-04-2018, 02:24 AM
Tobi will have a heart attack, especially because Brazilian Portuguese is just an Africanized version of Portugal, he speaks a creole Brazilian language, like Haitians speak a Creole French one and Jamaicans Creole English etc

Funny how he hates us blacks when he talks our language

Heather Duval
01-04-2018, 03:00 AM
Tobi will have a heart attack, especially because Brazilian Portuguese is just an Africanized version of Portugal, he speaks a creole Brazilian language, like Haitians speak a Creole French one and Jamaicans Creole English etc

Funny how he hates us blacks when he talks our language

Rios accent is very Africanized!!!

The carioca accent and sociolect (also simply called " carioca", see below) are the most widely recognized in Brazil, in part because Rede Globo , the second-largest television network in the world, is headquartered in Rio de Janeiro. Thus, a lot of Brazilian TV programs, from news and documentary to entertainment (such as the
novelas), feature carioca-acting and -speaking talent.

" O sotaque carioca apresenta algumas semelhanças com o português lusitano. Entre tais semelhanças, percebe-se a pronúncia do "s" chiado e as vogais abertas em palavras como "também", características comuns em ambos. Isso é creditado, ao menos parcialmente, a fatores históricos como a vinda da Família Real Portuguesa, que quando de sua chegada ao Rio de Janeiro trouxe uma população de cerca de 15 mil portugueses, entre membros da corte e seus serviçais , alterando a demografia da cidade que até então contava apenas com 23 mil pessoas (sendo a maioria dessa população composta escravos africanos).
Tal presença de uma grande quantidade de escravos e cidadãos de origem africana gerou também outra forte influência percebida no sotaque carioca, que são os dialetos africanos, falados pelos escravos que compunham a maioria da população carioca durante o periodo colonial e até o final do Império . Entre tais influências, nota-se por exemplo a Palatalização do /d/ e /t/ para as africadas palato-alveolares [d͡ʒ] e [t͡ʃ] quando antes de /i/ e a pronúncia pesadamente africanizada do s , em que os sons de s e z apresentam pronúncia palatizada quando não seguidos de vogal ou outra consoante fricativa alveolar."

Kriptc06
01-04-2018, 03:05 AM
Tobi will have a heart attack, especially because Brazilian Portuguese is just an Africanized version of Portugal, he speaks a creole Brazilian language, like Haitians speak a Creole French one and Jamaicans Creole English etc

Funny how he hates us blacks when he talks our language

no surprise, we also have and use shitloads of amerindian words too.. many toponyms are amerindian

Kriptc06
01-04-2018, 03:08 AM
Conheça algumas palavras de origem indígena que fazem parte do Português do Brasil

Acajá - ou cajá, é o fruto da cajazeira. Do Tupi Guarani: acã-já = o fruto de caroço cheio, graúdo; fruto que é todo caroço.

Aracajú – Do tupi-guarani: ará = papagaio; caju (akaiu) = cajueiro dos papagaios. Também pode significar tempo, época do caju.

Babaçu - Do Tupi-Guarani: ibá-guaçu = fruto grande.

Baiacu - é como são chamadas diversas espécies de peixes que “incham” quando se sentem ameaçados. Do Tupi-Guarani: grafia antiga maiacu de mbaé-acu = a coisa quente, venenosa, por causa do seu fel.

Barbatimão – Do Tupi-Guarani: bar por ibira = árvore; aba-r-emó = aba-t-emó = pênis; a árvore do órgão genital do homem.

Boitatá – Gênio que protege o campo e as matas dos incêndios; cobra-de-fogo. Do tupi-guarani: m(baé) – coisa; tatá – fogo; coisa de fogo.

Buriti – Do Tupi-Guarani: mbur = alimento; iti = árvore alta; = árvore alta de alimento ou de vida.

Butantã – Do Tupi-Guarani: bu (ibi) = terra; tatã (atã, tantã) = muito duro.

Caatinga - Do Tupi-Guarani: caá-t-enga = o mato ralo

Cacau – Do Náhuatle: cacauatl = caroço

Caiçara – do Tupi-Guarani: caá-içara = a cerca de ramos.

Caipira – do Tupi-Guarani: caaipura = de dentro do mato. Nome que os índios do interior de São Paulo deram aos colonizadores.

Capim – do Tupi-Guarani: caá=folha; pií=fino, delgado.

Capivara – do Tupi-Guarani: “kapii’ guara” - comedor de capim

Capoeira – do Tupi-Guarani: co-poera = roça velha.

Carioca – do Tupi-Guarani: kari`= branco; oka = casa. Casa do branco.

Catuaba – do Tupi-Guarani: caá = planta, folha, mato + tuã = taludo + ibá = árvore.

Cipó – do Tupi-Guarani: ici-fila; pó-fileira. Nome genérico de todas as plantas de hastes finas e flexíveis que servem para atar; plantas trepadeiras que pendem das árvores; embira.

Copacabana - de origem quechua. Significa “olhando o lago”. A palavra original é kupa kawana.

Curitiba - do Tupi-Guarani: Curi = pinhão; Tiba = lugar.

Curumim – Palavra de origem tupi, e designa, de modo geral, as crianças indígenas.

Cutia – do Tupi-Guarani: a-coti = indivíduo que se assenta para comer.

Embiruçu : do Tupi-Guarani: ibira-uçu – árvore de muita estopa (Edelweiss).

Erechim – cidade do Rio Grande do Sul – do Kaingáng (Jê) erê-xim – campo pequeno.

Gariroba – do Tupi Guarani guara-iroba = o indivíduo amargo. Palmeira; coco amargoso.

Gororoba : do Tupi-Guarani: guara – arvore; roba – amargo.

Guri – do Tupi-Guarani: guirii – terno, brando. Termo muito usado no Sul do Brasil, para criança do sexo masculino .

Igarapé – do Tupi-Guarani: ir-r´apé = caminho d’água.

Iguatemi – Palavra de origem Tupi que significa rio ondulante.

Irapuã: mel redondo (ira = mel, apu`a = redondo, esférico). Dá margem à interpretação como “cacho de abelha”. Também usado para designar algumas abelhas.

Jabuti – do Tupi-Guarani: j-abu-ti=o que nada respira.

Jacaré: Do Tupi-Guarani: jaeça-caré = o que olha de banda.

Jenipapo - do Tupi-Guarani: iá-nipaba-fruto de esfregar.

Jericoacoara - do Tupi-Guarani: îurukûá tartaruga-marinha / kûara – toca = Toca das tartarugas.

Jururu - do Tupi-Guarani: juru-ru = pescoço pendido. Triste,abatido, chateado, desiludido

Macuco – do Tupi-Guarani: maa=mbaé-coisa ; cucu =comer muito. Ave brasileira, tinamídea (Tinamus solitarius), muito apreciada por sua carne saborosa; tem o tamanho de uma galinha e vive solitária; encontrável nas matas de todo o país.

Maloca – do Tupi-Guarani: moro-oca = casa de gente. Casa de residência fixa, onde o indígena vive em comum.

Maracanã – do Tupi-Guarani: paracau-aná - pagagaios juntos

Mingau – do Tupi-Guarani: mi-caú = feito de papas.

Mocotó – do Tupi-Guarani: mo-coto = faz que jogue.

Mutirão – do Tupi-Guarani: pitibõ, popitibõ, picorõ = ajudar.

Mutum – do Tupi-Guarani: mi-pele, plumagem; t-u-negro. O termo ¨mutum ¨ é a designação comum de aves galiformes, da família dos Cracídeos, de hábitos florestais, sendo que várias espécies destas aves estão ameaçadas de extinção. Possuem uma plumagem geralmente negra com topete de penas e bico com cores vistosas.

Oiapoque – do Tupi-Guarani: oia-poc = o que explode ao abrir-se. Nome de uma cidade município e de um rio que banha o estado do Amapá.

Paca – do Tupi-Guarani: paca = ficar alerta.

Paçoca – do Tupi-Guarani: paçoca = coisa pilada.

Pajé – do Tupi-Guarani: pajé = profeta. Pessoa encarregada de realizar rituais e cerimônias religiosas nas tribos indígenas

Pamonha – do Tupi-Guarani: apá-mimõia = envolvido e cozido.

Pereba – do Tupi-Guarani: pere`wa = ferida. Ferida cutânea.

Perereca – do Tupi-Guarani: perereca = andar às tontas.

Pipoca – do Tupi-Guarani: pi(ra)- pele; poca-rebentar; a pele rebentada.

Piranha – do Tupi-Guarani: pirá-anhã = peixe diabo.

Pitanga – do Tupi-Guarani: pi (ra) – tanga – pele tenra .

Quati – do Tupi-Guarani: cuá-cintura;ti-nariz; que se deita para dormir, esconde o focinho na barriga como defesa.

Sapucaí – do Tupi-Guarani: sapucaia-i = rio do galo ou rio que grita.

Saúva – Do Tupi Guarani iça-aíba=a formiga má, que destrói as plantas.

Sucuri – do Tupi-Guarani: suú-curi = morde depressa.

Tacacá – do Tupi-Guarani: tacacá – goma, mucilagem. Sopa tradicional da culinária amazônica, mais especificamente paraense.

Tamanduá – do Tupi-Guarani: ta-monduá = o caçador de formiga.

Taturana – do Tupi-Guarani: tata = fogo + rana = semelhante. Espécie de larva recoberta com uma felpa que produz sensação de dor em quem a toca.

Tiririca – do Tupi-Guarani: Tiririca – arrastar-se . Espécie de erva daninha comumente encontrada nos açudes e que se propaga rápidamente.

Tucano – do Tupi-Guarani: tu-can : que bate forte.

Urubu – do Tupi-Guarani: uru – ave grande; bu – negro.

Heather Duval
01-04-2018, 03:09 AM
Babaca and Babá are both Africanized words very present in our vocabulary that they even translatate hollywood movies adding these titles.

http://www.youtube.com/watch?v=HnEmDdQZ1ow

Heather Duval
01-04-2018, 03:13 AM
no surprise, we also have and use shitloads of amerindian words too.. many toponyms are amerindian

I didnt know babaca was an African word! Now days people use babaca for someone dickhead/retard etc

http://www.youtube.com/watch?v=3X-oSvhIzSA

Heather Duval
01-04-2018, 03:19 AM
Conheça algumas palavras de origem indígena que fazem parte do Português do Brasil

Acajá - ou cajá, é o fruto da cajazeira. Do Tupi Guarani: acã-já = o fruto de caroço cheio, graúdo; fruto que é todo caroço.

Aracajú – Do tupi-guarani: ará = papagaio; caju (akaiu) = cajueiro dos papagaios. Também pode significar tempo, época do caju.

Babaçu - Do Tupi-Guarani: ibá-guaçu = fruto grande.

Baiacu - é como são chamadas diversas espécies de peixes que “incham” quando se sentem ameaçados. Do Tupi-Guarani: grafia antiga maiacu de mbaé-acu = a coisa quente, venenosa, por causa do seu fel.

Barbatimão – Do Tupi-Guarani: bar por ibira = árvore; aba-r-emó = aba-t-emó = pênis; a árvore do órgão genital do homem.

Boitatá – Gênio que protege o campo e as matas dos incêndios; cobra-de-fogo. Do tupi-guarani: m(baé) – coisa; tatá – fogo; coisa de fogo.

Buriti – Do Tupi-Guarani: mbur = alimento; iti = árvore alta; = árvore alta de alimento ou de vida.

Butantã – Do Tupi-Guarani: bu (ibi) = terra; tatã (atã, tantã) = muito duro.

Caatinga - Do Tupi-Guarani: caá-t-enga = o mato ralo

Cacau – Do Náhuatle: cacauatl = caroço

Caiçara – do Tupi-Guarani: caá-içara = a cerca de ramos.

Caipira – do Tupi-Guarani: caaipura = de dentro do mato. Nome que os índios do interior de São Paulo deram aos colonizadores.

Capim – do Tupi-Guarani: caá=folha; pií=fino, delgado.

Capivara – do Tupi-Guarani: “kapii’ guara” - comedor de capim

Capoeira – do Tupi-Guarani: co-poera = roça velha.

Carioca – do Tupi-Guarani: kari`= branco; oka = casa. Casa do branco.

Catuaba – do Tupi-Guarani: caá = planta, folha, mato + tuã = taludo + ibá = árvore.

Cipó – do Tupi-Guarani: ici-fila; pó-fileira. Nome genérico de todas as plantas de hastes finas e flexíveis que servem para atar; plantas trepadeiras que pendem das árvores; embira.

Copacabana - de origem quechua. Significa “olhando o lago”. A palavra original é kupa kawana.

Curitiba - do Tupi-Guarani: Curi = pinhão; Tiba = lugar.

Curumim – Palavra de origem tupi, e designa, de modo geral, as crianças indígenas.

Cutia – do Tupi-Guarani: a-coti = indivíduo que se assenta para comer.

Embiruçu : do Tupi-Guarani: ibira-uçu – árvore de muita estopa (Edelweiss).

Erechim – cidade do Rio Grande do Sul – do Kaingáng (Jê) erê-xim – campo pequeno.

Gariroba – do Tupi Guarani guara-iroba = o indivíduo amargo. Palmeira; coco amargoso.

Gororoba : do Tupi-Guarani: guara – arvore; roba – amargo.

Guri – do Tupi-Guarani: guirii – terno, brando. Termo muito usado no Sul do Brasil, para criança do sexo masculino .

Igarapé – do Tupi-Guarani: ir-r´apé = caminho d’água.

Iguatemi – Palavra de origem Tupi que significa rio ondulante.

Irapuã: mel redondo (ira = mel, apu`a = redondo, esférico). Dá margem à interpretação como “cacho de abelha”. Também usado para designar algumas abelhas.

Jabuti – do Tupi-Guarani: j-abu-ti=o que nada respira.

Jacaré: Do Tupi-Guarani: jaeça-caré = o que olha de banda.

Jenipapo - do Tupi-Guarani: iá-nipaba-fruto de esfregar.

Jericoacoara - do Tupi-Guarani: îurukûá tartaruga-marinha / kûara – toca = Toca das tartarugas.

Jururu - do Tupi-Guarani: juru-ru = pescoço pendido. Triste,abatido, chateado, desiludido

Macuco – do Tupi-Guarani: maa=mbaé-coisa ; cucu =comer muito. Ave brasileira, tinamídea (Tinamus solitarius), muito apreciada por sua carne saborosa; tem o tamanho de uma galinha e vive solitária; encontrável nas matas de todo o país.

Maloca – do Tupi-Guarani: moro-oca = casa de gente. Casa de residência fixa, onde o indígena vive em comum.

Maracanã – do Tupi-Guarani: paracau-aná - pagagaios juntos

Mingau – do Tupi-Guarani: mi-caú = feito de papas.

Mocotó – do Tupi-Guarani: mo-coto = faz que jogue.

Mutirão – do Tupi-Guarani: pitibõ, popitibõ, picorõ = ajudar.

Mutum – do Tupi-Guarani: mi-pele, plumagem; t-u-negro. O termo ¨mutum ¨ é a designação comum de aves galiformes, da família dos Cracídeos, de hábitos florestais, sendo que várias espécies destas aves estão ameaçadas de extinção. Possuem uma plumagem geralmente negra com topete de penas e bico com cores vistosas.

Oiapoque – do Tupi-Guarani: oia-poc = o que explode ao abrir-se. Nome de uma cidade município e de um rio que banha o estado do Amapá.

Paca – do Tupi-Guarani: paca = ficar alerta.

Paçoca – do Tupi-Guarani: paçoca = coisa pilada.

Pajé – do Tupi-Guarani: pajé = profeta. Pessoa encarregada de realizar rituais e cerimônias religiosas nas tribos indígenas

Pamonha – do Tupi-Guarani: apá-mimõia = envolvido e cozido.

Pereba – do Tupi-Guarani: pere`wa = ferida. Ferida cutânea.

Perereca – do Tupi-Guarani: perereca = andar às tontas.

Pipoca – do Tupi-Guarani: pi(ra)- pele; poca-rebentar; a pele rebentada.

Piranha – do Tupi-Guarani: pirá-anhã = peixe diabo.

Pitanga – do Tupi-Guarani: pi (ra) – tanga – pele tenra .

Quati – do Tupi-Guarani: cuá-cintura;ti-nariz; que se deita para dormir, esconde o focinho na barriga como defesa.

Sapucaí – do Tupi-Guarani: sapucaia-i = rio do galo ou rio que grita.

Saúva – Do Tupi Guarani iça-aíba=a formiga má, que destrói as plantas.

Sucuri – do Tupi-Guarani: suú-curi = morde depressa.

Tacacá – do Tupi-Guarani: tacacá – goma, mucilagem. Sopa tradicional da culinária amazônica, mais especificamente paraense.

Tamanduá – do Tupi-Guarani: ta-monduá = o caçador de formiga.

Taturana – do Tupi-Guarani: tata = fogo + rana = semelhante. Espécie de larva recoberta com uma felpa que produz sensação de dor em quem a toca.

Tiririca – do Tupi-Guarani: Tiririca – arrastar-se . Espécie de erva daninha comumente encontrada nos açudes e que se propaga rápidamente.

Tucano – do Tupi-Guarani: tu-can : que bate forte.

Urubu – do Tupi-Guarani: uru – ave grande; bu – negro.

Mutirão? Im surprised it came from natives! In Brazilian Portuguese nowdays means people organizing a protest or something. I love these influences.

Heather Duval
01-04-2018, 03:42 AM
Bumbum is a cute version of bunda :lol:

"To brincando com o bumbum tum tum tum"

http://www.youtube.com/watch?v=kDhptBT_-VI

https://www.virgulistas.com.br/wp-content/uploads/2017/12/01-7.png

Carlito's Way
01-04-2018, 04:22 AM
no surprise, we also have and use shitloads of amerindian words too.. many toponyms are amerindian

But a lot of Brazilians here would act as if they had no African influence in their culture, gastronomy, accent, slang. Music etc, they would pretend as if they were 98% culturally Portuguese with only 1% African influences here and there and 1% native lol

The black influence is very strong in Brazil

Carlito's Way
01-04-2018, 04:24 AM
Favorite song right now

https://www.youtube.com/watch?v=IQTV6iqhmWU

Heather Duval
01-04-2018, 04:39 AM
But a lot of Brazilians here would act as if they had no African influence in their culture, gastronomy, accent, slang. Music etc, they would pretend as if they were 98% culturally Portuguese with only 1% African influences here and there and 1% native lol

The black influence is very strong in Brazil

We have even Italian influence! São Paulo accent and gastronomy does it. Also, most Brazilians in this forum dont give a shit about it. Only Toby get easily mad by it.

Carlito's Way
01-04-2018, 04:42 AM
We have even Italian influence! São Paulo accent and gastronomy does it. Also, most Brazilians in this forum dont give a shit about it. Only Toby get easily mad by it.

Als another one but forgot his username, he said black Brazilian culture is a copy of black American culture, basically he claimed that black influences in Brazil came from black Americans and not from African slaves in Brazil lol smh

Heather Duval
01-04-2018, 04:50 AM
Als another one but forgot his username, he said black Brazilian culture is a copy of black American culture, basically he claimed that black influences in Brazil came from black Americans and not from African slaves in Brazil lol smh

Black Brazilians dont even know about Afram culture :lol:
They, like all Brazilian, listen to any American hit on the radio, most dont even knpw whats music genre they are listen to. Last year Justin Bieber, Fifth Harmony, Despacito and Drake were trends here. Blacks here created samba(Bossa nova is a copy)! Its a Rio culture, not funk carioca.

Carlito's Way
01-04-2018, 05:00 AM
Black Brazilians dont even know about Afram culture :lol:
They, like all Brazilian, listen to any American hit on the radio, most dont even knpw whats music genre they are listen to. Last year Justin Bieber, Fifth Harmony, Despacito and Drake were trends here. Blacks here created samba(Bossa nova is a copy)! Its a Rio culture, not funk carioca.

Yeah I had to,school him on that, I couldn't believe he was that dumb to think that lol

Heather Duval
01-04-2018, 05:13 AM
Yeah I had to,school him on that, I couldn't believe he was that dumb to think that lol

Here in Rio young people listen to pagode, or funk carioca
besides samba being our culture, its like jazz
its appreciate by the elite and old people
89% of the radios here plays Brazilian songs and the rest is only in English language.

Samba mix pagode in the roda de samba:
https://i.pinimg.com/originals/42/ae/7f/42ae7f9ec164fb84bcfb56adf8bde3ac.jpg
Nowdays
https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSVGq2hip_QqVgySaP4wCDNNB94z5Ch9 lmEpIO00-VpvBChygcj1Q

Token
01-04-2018, 11:31 AM
I didnt know babaca was an African word! Now days people use babaca for someone dickhead/retard etc
It is not, this list is over-extending the African influence. Babaca is from Hispanic Latin babarrus and mano comes from Latin germanus.

Bolsonaro2018
01-04-2018, 11:47 AM
http://www.insanos.com.br/wp-content/uploads/2017/04/ola_vitoria.jpg

Heather Duval
01-04-2018, 12:11 PM
This is Rio culture

https://www.youtube.com/watch?v=ddKD5OMWlhY

Not this shit

https://www.youtube.com/watch?v=GORwzwmvBHs

I dont like funk, only when it mixed with pop like Anitta does.

Heather Duval
01-04-2018, 12:16 PM
https://www.youtube.com/watch?v=ykv9mqOC8pE

https://www.youtube.com/watch?v=KQpGRe6qlo0

Heather Duval
01-04-2018, 12:18 PM
True Cariocas

https://www.youtube.com/watch?v=XKIrH8dW4y8

Heather Duval
01-04-2018, 02:48 PM
It is not, this list is over-extending the African influence. Babaca is from Hispanic Latin babarrus and mano comes from Latin germanus.

It says here it have a banta origins
https://pt.wikipedia.org/wiki/Babaca

Heather Duval
01-04-2018, 02:54 PM
Favorite song right now

https://www.youtube.com/watch?v=IQTV6iqhmWU

Amazing video

https://www.youtube.com/watch?v=O85aPBh99P0

Token
01-04-2018, 03:33 PM
It says here it have a banta origins
https://pt.wikipedia.org/wiki/Babaca

Brazilian wikipedia is shitty and this theory sounds severely stretched, he doesn't even shows the root word and the definition of it doesn't even remotely corresponds to how it is used today. The most accepted hypothesis today is that it cames from Latin babarrus, that was since the beginning specifically used as a insult. Interestingly, Japanese baka is also pretty similar and have basically the same connotation.

Token
01-04-2018, 03:46 PM
But a lot of Brazilians here would act as if they had no African influence in their culture, gastronomy, accent, slang. Music etc, they would pretend as if they were 98% culturally Portuguese with only 1% African influences here and there and 1% native lol
Just in your disabled mind, i doubt you can show me a Brazilian user doing it once. And most members here are not representantives of 'normal' people anyway.


Tobi will have a heart attack, especially because Brazilian Portuguese is just an Africanized version of Portugal, he speaks a creole Brazilian language, like Haitians speak a Creole French one and Jamaicans Creole English etc
Yep, a set of 50 almost unused words is sufficient to consider it a 'africanized Portuguese'. You are laughable. The great majority of African and Amerindian words are, fair enough, used to denote things of African and Amerindian origin.

Spanish have more than three thousands of Arabic words and it is in no way considered a 'arabized Latin'.

Heather Duval
01-04-2018, 03:56 PM
Just in your disabled mind, i doubt you can show me a Brazilian user doing it once. And most members here are not representantives of 'normal' people anyway.


Yep, a set of 50 almost unused words is sufficient to consider it a 'africanized Portuguese'. You are laughable. The great majority of African and Amerindian words are, fair enough, used to denote things of African and Amerindian origin.

Spanish have more than three thousands of Arabic words and it is in no way considered a 'arabized Latin'.

Brazil has influences from many countries. I dont feel anything bad about it.
Even my black grandpa cooked dishes of Italian origin, every weekend.

Heather Duval
01-04-2018, 04:00 PM
He liked polenta
He learned to cook it when he was a kid, and his family has nothing Italian.
http://img.itdg.com.br/tdg/images/recipes/000/063/992/95881/95881_original.jpg?mode=crop&width=370&height=278

Token
01-04-2018, 04:01 PM
Brazil has influences from many countries. I dont feel anything bad about it.
Even my black grandpa cooked dishes of Italian origin, every weekend.

Yes, and it is very variable depending on the region, in Amazonas you will find a lot more native influence and in Bahia, a strong African one. Some regions are so different that they could easily be considered different countries, but they still share a common cultural connection.

Heather Duval
01-04-2018, 04:04 PM
Yes, and it is very variable depending on the region, in Amazonas you will find a lot more native influence and in Bahia, a strong African one. Some regions are so different that they could easily be considered different countries, but they still share a common cultural connection.

Do you know the state "Maranhão"? I think it's more African than Bahia, but it's a pretty "who" state.

Damião de Góis
01-04-2018, 04:26 PM
Brazilian Portuguese is just an Africanized version of Portugal

I disagree, it's portuguese with some more loanwords. Some of those words we use as well like Cachimbo (pipe).

To get an idea of what africanized portuguese could sound like, listen to Cape Verdean Crioulo.

Carlito's Way
01-04-2018, 04:26 PM
Just in your disabled mind, i doubt you can show me a Brazilian user doing it once. And most members here are not representantives of 'normal' people anyway.


Yep, a set of 50 almost unused words is sufficient to consider it a 'africanized Portuguese'. You are laughable. The great majority of African and Amerindian words are, fair enough, used to denote things of African and Amerindian origin.

Spanish have more than three thousands of Arabic words and it is in no way considered a 'arabized Latin'.

I can show you but i am mot going to look for very old posts on here to prove myself
Bro, your portuguese language has been influence by black slaves. I remember even Viriato saying brazilian portuguese was more like an africanized verison of the portuguese due to its african influences

And yeah i notice the difference between the two when i was in brazil and portugal, why do you think they thought i was brazilian when i spoke portuguese???? Due to the fact that i speak brazilian portuguese

I also remember speaking with an angolan/portuguese girl online and when we would write in portuguese, she would correct me, she said i should learn portuguese from portugal instead because its the correct one and not the brazilian one

Carlito's Way
01-04-2018, 04:31 PM
I disagree, it's portuguese with some more loanwords. Some of those words we use as well like Cachimbo (pipe).

To get an idea of what africanized portuguese could sound like, listen to Cape Verdean Crioulo.

They dont mispronounce words? In spanish america blacks drop certain words or turn the R into an L, such as amol = amor or vamo = vamos

I know africans also do that with the euro languages and it also happens in angolan portuguese and so do in Brazilian portuguese


"As a linguist, I am fascinated by the causes of linguistic change and by the relationships between languages. When I began to study Caribbean Spanish, in graduate school, I was struck by its parallels to Brazilian Portuguese. For example, I heard Dominicans and Puerto Ricans sometimes pronouncing plural words with no /s/ at the end, as in the phrases doh niño ‘two children’ and tus hijo ‘your sons.’ I remembered that my own relatives in Brazil would often say these same phrases in similar fashion: dois menino ‘two children’ and seus filho ‘your sons.’ I began to wonder if the lin- guistic parallels between these two languages could be a function of a common ethnic ancestry. Further research led me to be more open to the possibility that African languages, introduced to Latin America by slaves, con- tributed to both Brazilian Portuguese and Caribbean Spanish. Eventually, my dissertation topic centered on the possible contribution of African speakers to the evo- lution of these two Romance languages."

Heather Duval
01-04-2018, 04:32 PM
I disagree, it's portuguese with some more loanwords. Some of those words we use as well like Cachimbo (pipe).

To get an idea of what africanized portuguese could sound like, listen to Cape Verdean Crioulo.

Do you use "Maluco, maluca"? It means someone crazy here.

Token
01-04-2018, 04:42 PM
I can show you but i am mot going to look for very old posts on here to prove myself
Bro, your portuguese language has been influence by black slaves. I remember even Viriato saying brazilian portuguese was more like an africanized verison of the portuguese due to its african influences

And yeah i notice the difference between the two when i was in brazil and portugal, why do you think they thought i was brazilian when i spoke portuguese???? Due to the fact that i speak brazilian portuguese

I also remember speaking with an angolan/portuguese girl online and when we would write in portuguese, she would correct me, she said i should learn portuguese from portugal instead because its the correct one and not the brazilian one
Brazilian Portuguese sounds different because it is separated from Portugal's Portuguese by hundred years and naturally underwent different innovations. Listen to Galician and you will be surprised how similar are our pronunciations, this is because when Portuguese was brought to Brazil it was closer to its Galician-Portuguese root and we managed to preserve better some archaic features, specially regarding phonology. And no one cares about what this portuguese man or this angolan girl says, they don't know shit about linguistics.

Influences from languages like German, Italian, Niger-Congo, etc. are for the most part restricted to lexical borrowings.

Token
01-04-2018, 04:44 PM
Do you know the state "Maranhão"? I think it's more African than Bahia, but it's a pretty "who" state.

Yeah, i know but just superficially. It is heavily influenced by African culture too.

Heather Duval
01-04-2018, 04:45 PM
Brazilian Portuguese sounds different because it is separated from Portugal's Portuguese by hundred years and naturally underwent different sound innovations. Listen to Galician and you will be surprised how similar are our pronunciations, this is because when Portuguese was brought to Brazil it was closer to its Galician-Portuguese root and we managed to preserve better some archaic features, specially regarding phonology. And no one cares about what this portuguese man or this angolan girl says.

Influences from languages like German, Italian, Niger-Congo, etc. are for the most part restricted to lexical borrowings.

But you can notice Italian influence in Sao Paulo accent. And its very knowing Rio de janeiro accent has Portuguese influence, thats why we pronounce S chiado like X. Also
Tal presença de uma grande quantidade de escravos e cidadãos de origem africana gerou também outra forte influência percebida no sotaque carioca, que são os dialetos africanos, falados pelos escravos que compunham a maioria da população carioca durante o periodo colonial e até o final do Império . Entre tais influências, nota-se por exemplo a Palatalização do /d/ e /t/ para as africadas palato-alveolares [d͡ʒ] e [t͡ʃ] quando antes de /i/ e a pronúncia pesadamente africanizada do s , em que os sons de s e z apresentam pronúncia palatizada quando não seguidos de vogal ou outra consoante fricativa alveolar.

Heather Duval
01-04-2018, 04:48 PM
Yeah, i know but just superficially. It is heavily influenced by African culture too.

Maranhão is the Rio de Janeiro from the northeast! They love samba and things from the Carioca culture. And people from there look tri racial in average
http://s.glbimg.com/es/ge/f/620x349/2011/09/09/delegacao_do_maranhao.jpeg



Composição étnica do Maranhão (2010)[35]
Brancos (24.9%)
Negros (5.5%)
Pardos (68.8%)
Indígenas (0.7%)

Token
01-04-2018, 04:53 PM
But you can notice Italian influence in Sao Paulo accent. And its very knowing Rio de janeiro accent has Portuguese influence, thats why we pronounce S chiado like X. Also
Tal presença de uma grande quantidade de escravos e cidadãos de origem africana gerou também outra forte influência percebida no sotaque carioca, que são os dialetos africanos, falados pelos escravos que compunham a maioria da população carioca durante o periodo colonial e até o final do Império . Entre tais influências, nota-se por exemplo a Palatalização do /d/ e /t/ para as africadas palato-alveolares [d͡ʒ] e [t͡ʃ] quando antes de /i/ e a pronúncia pesadamente africanizada do s , em que os sons de s e z apresentam pronúncia palatizada quando não seguidos de vogal ou outra consoante fricativa alveolar.

Yes, some dialectal variations can be attributed to distinct influences. The gaúcho dialect for example was influenced by German, Spanish and even Guarani but phonology can vary even within a single dialect, from city to city, so it is pretty secondary actually.

Heather Duval
01-04-2018, 04:59 PM
I always thought Alcione was from here, Rio de janeiro

https://www.youtube.com/watch?v=pz4sNdMMKX8
:lol:

Heather Duval
01-04-2018, 05:03 PM
Yes, some dialectal variations can be attributed to distinct influences. The gaúcho dialect for example was influenced by German, Spanish and even Guarani but phonology can vary even within a single dialect, from city to city, so it is pretty secondary actually.

Where are you from? I have noticed that in some cities of Rio Grande do Sul, their accent sounds "Spanish".

Heather Duval
01-04-2018, 05:07 PM
Muitas pessoas odeiam o sotaque carioca porque a gente pronuncia o S como se fosse um X chiado
:lol:
Mas é o sotaque padrão da Rede Globo, e Portugueses também falam chiando.

Token
01-04-2018, 05:08 PM
Where are you from? I have noticed that in some cities of Rio Grande do Sul, their accent sounds "Spanish".

I'm originally from Rio Grande do Sul, the northern part of it.


Muitas pessoas odeiam o sotaque carioca porque a gente pronuncia o S como se fosse um X chiado
From my experience here, Paulistanos hate the Rio accent.

Heather Duval
01-04-2018, 05:15 PM
I'm originally from Rio Grande do Sul, the northern part of it.


From my experience here, Paulistanos hate the Rio accent.

I know. They say that people travel to Rio de Janeiro and come back chiando as palavras.
And in general, Brazilians do not like or are familiar with the accent of other Portuguese-speaking countries. The Brazilian media does not allow any foreigner to speak with their accent. They teach them to talk like us in the novelas.

Token
01-04-2018, 05:21 PM
I know. They say that people travel to Rio de Janeiro and come back chiando as palavras.
And in general, Brazilians do not like or are familiar with the accent of other Portuguese-speaking countries. The Brazilian media does not allow any foreigner to speak with their accent. They teach them to talk like us in the novelas.
True. Paulistanos and Brazilians in general are pretty regionalist too, probably due to differences in culture and dialect. They first consider themselves 'paulistanos' and just then Brazilians, i don't know if this is also the case of Rio.

Damião de Góis
01-04-2018, 05:21 PM
They dont mispronounce words? In spanish america blacks drop certain words or turn the R into an L, such as amol = amor or vamo = vamos

I know africans also do that with the euro languages and it also happens in angolan portuguese and so do in Brazilian portuguese


"As a linguist, I am fascinated by the causes of linguistic change and by the relationships between languages. When I began to study Caribbean Spanish, in graduate school, I was struck by its parallels to Brazilian Portuguese. For example, I heard Dominicans and Puerto Ricans sometimes pronouncing plural words with no /s/ at the end, as in the phrases doh niño ‘two children’ and tus hijo ‘your sons.’ I remembered that my own relatives in Brazil would often say these same phrases in similar fashion: dois menino ‘two children’ and seus filho ‘your sons.’ I began to wonder if the lin- guistic parallels between these two languages could be a function of a common ethnic ancestry. Further research led me to be more open to the possibility that African languages, introduced to Latin America by slaves, con- tributed to both Brazilian Portuguese and Caribbean Spanish. Eventually, my dissertation topic centered on the possible contribution of African speakers to the evo- lution of these two Romance languages."

Yes, their accent is different and some of the spelling is different but there is no doubts that we are talking of the same language.

Think of the differences between english and american.


Do you use "Maluco, maluca"? It means someone crazy here.

Yes we do.

Heather Duval
01-04-2018, 05:22 PM
https://i.imgur.com/rwpVAIO.png

Raizen
01-04-2018, 05:30 PM
BRAZIL ONE AND ONLY

http://belarusfeed.com/wp-content/uploads/2016/11/brazil_rio.jpg

Heather Duval
01-04-2018, 05:30 PM
True. Paulistanos and Brazilians in general are pretty regionalist too, probably due to differences in culture and dialect. They first consider themselves 'paulistanos' and just then Brazilians, i don't know if this is also the case of Rio.

Rio de Janeiro is no different than the whole of Brazil. The industry of the Portuguese language of other countries has no influence in Brazil because we do not like the accent of other countries.
The songs that play in Brazilian radios are 89% Brazilian, samba, pagode, sertanejo(singers from many regions of the country) etc. When they're not, it's just American or some other shit in the English language.
In Brazilian soap operas there are some foreign actors, and they have to lose the accent of their country to try something here.

Heather Duval
01-04-2018, 05:34 PM
Most played songs november 2017 in Brazil

1 EU VOU TE BUSCAR (CHA LA LA LA LA) PART. HUNGRIA Gusttavo Lima
2 AQUELA PESSOA Henrique e Juliano
3 DE QUEM É A CULPA Marília Mendonça
4 AR CONDICIONADO NO 15 Wesley Safadão
5 REGIME FECHADO Simone e Simaria
6 SAUDADE (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017) Eduardo Costa
7 NA CONTA DA LOUCURA Bruno e Marrone
8 COISA DE DEUS (PART. JORGE E MATEUS) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Michel Teló
9 NÃO ERA VOCÊ (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) João Bosco e Vinicius
#RockNacional POR ONDE VOCÊ ANDA(Projeto Resgatando o Rock Nacional) Detonautas Roque Clube
10 AMIGO TAXISTA Zé Neto e Cristiano
11 CÊ ACREDITA FEAT. MC KEVINHO João Neto e Frederico
12 AMOR DA SUA CAMA (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Felipe Araújo
13 BENGALA E CROCHÊ (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Maiara e Maraisa
14 ERA UMA VEZ (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Kell Smith
15 CONTRATO (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Jorge e Mateus
16 AVISA QUE EU CHEGUEI PART. IVETE SANGALO Naiara Azevedo
17 SENHORITA Victor e Léo
18 ACERTOU A MÃO (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Luan Santana
19 TERAPINGA (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017) Fernando e Sorocaba
20 RASPA~O PART. SIMONE E SIMARIA Henrique e Diego
21 MEDIDA CERTA Jorge e Mateus
22 PARADINHA Anitta
23 DESPACITO (FEAT. DADDY YANKEE) Luis Fonsi
24 NESSAS HORAS Matheus e Kauan
25 MI GENTE (FEAT. WILLY WILLIAM) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017) J. Balvin
26 ESQUECI COMO NAMORA FT. MAIARA MARAISA Nego do Borel
27 DE COPO EM COPO George Henrique e Rodrigo
28 IS THAT FOR ME (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Alesso & Anitta
29 MODÃO DUÍDO PART. MAIARA E MARAISA Michel Teló
30 SE É PRA GENTE FICAR FT. WESLEY SAFADÃO Solange Almeida
31 BOM RAPAZ (PART. JORGE E MATEUS) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017) Fernando e Sorocaba
32 BALDIN DE GELO (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Claudia Leitte
33 K.O. Pabllo Vittar
34 TRAIDOR Paula Fernandes
35 ACORDANDO O PRE´DIO Luan Santana
36 SHAPE OF YOU Ed Sheeran
37 VIDINHA DE BALADA Henrique e Juliano
38 SUA CARA (FEAT. ANITTA & PABLLO VITTAR) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Major Lazer
39 SORTE QUE CÊ BEIJA BEM Maiara e Maraisa
40 CÓPIA MAL FEITA Bruno e Barretto
41 ENERGIA SURREAL (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Thiaguinho
42 ABRE O PORTÃO QUE EU CHEGUEI Gusttavo Lima
43 QUASE (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Cléber e Cauan
44 CHAVE CÓPIA PART. JORGE E MATEUS Felipe Araújo
45 HAVANA (FEAT. YOUNG THUNG) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Camila Cabello
46 À VONTADE (FEAT. WESLEY SAFADÃO) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Ivete Sangalo
47 FELICES LOS Maluma
48 BIG JET PLANE (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Alok & Mathieu Koss
49 SOFRI EM DOBRO Diego e Arnaldo
50 FRIENDS (FEAT. BLOODPOP) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Justin Bieber
51 CHEGUEI Ludmilla
52 A MALA E´ FALSA PART. HENRIQUE E JULIANO Felipe Araújo
53 LOKA PART. ANITTA Simone e Simaria
54 NEW RULES (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017) Dua Lipa
55 PRA VOCÊ LEMBRAR DE MIM (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Jota Quest
56 NOSSO INFINITO Breno e Caio Cesar
57 WOLVES (FEAT. MARSHMELLO) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Selena Gomez
58 FAIXA 3 FEAT. GUSTTAVO LIMA Bruninho e Davi
59 AMANTE NÃO TEM LAR Marília Mendonça
60 WILD THOUGHTS (FEAT. RIHANNA) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017) DJ Khaled
61 CASA AMARELA Guilherme e Santiago
62 CHORANDO NA CALÇADA Villa Baggage
63 LOOK WHAT YOU MADE DO (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017) Taylor Swift
64 VOCÊ PARTIU MEU CORAÇÃO FT. ANITTA, WESLEY SAFADÃO Nego do Borel
65 TE ASSUMI PRO BRASIL Matheus e Kauan
66 EU ERA Marcos e Belutti
67 EU SEI DE COR Marília Mendonça
68 TOMADOR DE WHISKY Munhoz e Mariano
69 ELA ENCAIXA (FEAT. LÉO SANTANA) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) MC Kevinho
70 CADEIRA DE AÇO Zé Neto e Cristiano
71 CHEGUEI PRA TE AMAR (PART.MC LIVINHO) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Ivete Sangalo
72 IMPRESSIONANDO OS ANJOS Gustavo Mioto
73 THIS GIRL Kungs
74 NA RIQUEZA E NA POBREZA Jads e Jadson
75 EU JÁ TE QUIS UM DIA (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017) Sorriso Maroto
76 WHAT LOVERS DO (FEAT. SZA) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Maroon 5
77 SE O AMOR TIVER LUGAR Jorge e Mateus
78 SAUDADE DO CARAMBA João Neto e Frederico
79 I FEEL IT COMING (FEAT. DAFT PUNK) The Weeknd
80 CHEGASTE PART. JENNIFER LOPEZ Roberto Carlos
81 MENTALMENTE (FEAT. MC KEVINHO) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017) Nayara Azevedo
82 TIPO CRAZY (FEAT. JEREMIH) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017) Ludmilla
83 HOMEM DE FAMÍLIA Gusttavo Lima
84 SWISH SWISH (FEAT. NICKI MINAJ) Katy Perry
85 WILL I SEE YOU (FEAT. ANITTA) Poo Bear
86 NINGUÉM É DE FERRO PART. MARÍLIA MENDONÇA Wesley Safadão
87 DESTINO Zezé Di Camargo e Luciano
88 FICA (FEAT. MATHEUS E KAUAN) Anavitória
89 ENQUANTO EU BRINDO CÊ CHORA Bruno e Marrone
90 CLOSER PART. HALSEY) The Chainsmokers
91 SARCASMO Thaeme e Thiago
92 HEAR ME NOW (PART. BRUNO MARTINI E MARCOS ZEEBA) Alok
93 FORRO E PAIXAO Eduardo Costa
94 FÉ NO PAI Lucas Lucco
95 O MAR PAROU Michel Teló
96 E ESSA BOCA AÍ PART. LUAN SANTANA Bruninho e Davi
97 50 REAIS PART. MAIARA E MARAISA Naiara Azevedo
98 MEDO BOBO Maiara e Maraisa
99 REGGAETÓN LENTO (REMIX) (FEAT. CNCO) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Little Mix
100 DIGITANDO… Day e Lara
101 SER AMOR (PART. MILTON NASCIMENTO) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Tiago Iorc
102 DESANDOU Daniel
103 MEU MELHOR LUGAR PART. LUAN SANTANA Fernando e Sorocaba
104 SIM (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Sandy
105 SILENCE (FEAT. KHALID) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Marshmello
106 ME ENCONTRA Capital Inicial
107 PRONTO FALEI Eduardo Costa
108 SONHEI QUE TAVA ME CASANDO Wesley Safadão
109 DUSH TILL DAWN (FEAT. SAI) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Zayn
110 MORDIDA,BEIJO E TAPA Naiara Azevedo
111 FLOR E O BEIJA – FLOR (PART. MARÍLIA MENDONÇA) Henrique e Juliano
112 SOMETHING JUST LIKE THIS (TOKYO REMIX) Coldplay & The Chainsmokers
113 SINTONIA (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) NX Zero
114 DIA, LUGAR E HORA Luan Santana
115 PRA QUÊ ISSO Luiza e Maurílio
116 TREM BALA Ana Vilela
117 MALBEC FT. DENNIS DJ Henrique e Diego
118 NA POSITIVA Natiruts
119 DECIDE AÍ Matheus e Kauan
120 O AMANTE Thiago Matheus
121 O ERRADO SOU EU Zé Felipe
122 RARIDADE Anderson Freire
123 MOVIMENTO (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Lexa
124 PRIMEIRO AMOR (PART. MARCOS E BELUTTI) Malta
125 CAN’T STOP THE FEELING! Justin Timberlake
126 UM BRINDE (FEAT. MAIARA E MARAISA, MARÍLIA MENDONÇA) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Dennis
127 NA MESMA MOEDA Julia e Rafaela
128 AMEI TE VER Tiago Iorc
129 VOCÊ FAZ FALTA AQUI Maiara e Maraisa
130 TOO GOOD AT GOODBYES (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017) Sam Smith
131 PAREDES Jorge e Mateus
132 U2 (FEAT. JUSTIN BIEBER) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017) David Guetta
133 VOCÊ ME TROCOU Bruno & Marrone e Chitãozinho & Xororó
134 SAFE AND SOUND Capital Cities
135 FLORES EM VIDA Zezé Di Camargo e Luciano
136 INFIEL Marília Mendonça
137 SORRY Justin Bieber
138 CANSEI DE FARRA Dilsinho
139 PRA SEMPRE COM VOCÊ Jorge e Mateus
140 LET ME LOVE YOU PART. JUSTIN BIEBER DJ Snake
141 O NOSSO SANTO BATEU Matheus e Kauan
142 O GRAVE BATER MC Kevinho
143 SEU POLÍCIA Zé Neto e Cristiano
144 SIM OU NÃO FEAT. MALUMA Anitta
145 THAT’S I LIKE Bruno Mars
146 SERÁ QUE CÊ DEIXA PART. GUSTTAVO LIMA Rick e Rangel
147 NÃO DEIXO NÃO Mano Walter
148 WITHOUT YOU FEAT. SANDRO CAVAZZA Avicii
149 10% Maiara e Maraisa
150 CORAÇÃO MACHUCADO Wesley Safadão
151 THIS TOWN Niall Horan
152 SOLTEIRO APAIXONADO Marcos e Belutti
153 MEU CORAÇÃO DEU PT PART.MATHEUS E KAUAN Wesley Safadão
154 MORE THAN YOU KNOW Axwell Λ Ingrosso
155 MENINA PIPOCO FEAT. NEGO DO BOREL Fernando e Sorocaba
156 SONHA COMIGO Zé Neto e Cristiano
157 126 CABIDES Simone e Simaria
158 CHEGA PRA CÁ (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Tiago Iorc
159 LAÇO ABERTO Leonardo
160 MOMENTOS (AO VIVO) Victor e Léo
161 SOSSEGUEI (AO VIVO) Jorge e Mateus
162 PRECIPÍCIO PART. WESLEY SAFADÃO João Bosco e Vinicius
163 QUE PENA QUE ACABOU Gusttavo Lima
164 QUEM AGUENTA Jads e Jadson
165 EU, VOCÊ, O MAR E ELA Luan Santana
166 POR ONDE VOCÊ ANDA (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Detonautas
167 MINHA EX TÁ BEM Israel Novaes
168 COMO É QUE A GENTE FICA (AO VIVO) Henrique e Juliano
169 CARÊNCIA PART JORGE E MATEUS Humberto e Ronaldo
170 A ROSA E O BEIJA FLOR Matheus e Kauan
171 MEU VIOLÃO E O NOSSO CACHORRO Simone e Simaria
172 CARA BACANA MC G15
173 SAPEQUINHA Eduardo Costa
174 MAMA PART.WILLIAM SINQUE Jonas Blue
175 CASA COMIGO PART. MAIARA E MARAISA Zé Henrique e Gabriel
176 METADE DESSA CONTA Léo Magalhães
177 BOX DO CHUVEIRO Munhoz e Mariano
178 AMORES SELETIVOS Bruno Martini
179 CHAINED TO THE RHYTHM (FEAT. SKIP MARLEY) Katy Perry
180 STAY FEAT. ALESSIA CARA Zedd
181 RADINHO DO SEU ZE Naiara Azevedo
182 DOMINGO DE MANHÃ Marcos e Belutti
183 CHOROU NA ESCADARIA João Neto e Frederico
184 SORRY NOT SORRY Demi Lovato
185 CORAÇÃO EMBRIAGADO Wanessa Camargo
186 PHOTOGRAPH Ed Sheeran
187 O CÉU EXPLICA TUDO Henrique e Juliano
188 INEVITAVELMENTE Daniel
189 AQUELE 1% (PART. WESLEY SAFADÃO) Marcos e Belutti
190 DEIXA A GENTE QUIETO (PART. HENRIQUE E JULIANO) João Bosco e Vinicius
191 THINKING OUT LOUD Ed Sheeran
192 ATÉ EX DUVIDA (PART. MAIARA E MARAISA) Day e Lara
193 QUANDO O MEL É BOM Simone e Simaria
194 OS DEZ MANDAMENTOS DO AMOR Eduardo Costa
195 CHEAP THRILLS Sia
196 DAQUE SÓ SE LEVAR O AMOR Jota Quest
197 TÔ FAZENDO AMOR PART. JORGE E MATEUS Lucas Lucco
198 ISSO CÊ NÃO CONTA Bruno e Marrone
199 BOM Ludmilla
200 SER MAIS SIMPLES (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) CPM 22


As I said most are Brazilian singers, and some songs in English language.

Heather Duval
01-04-2018, 05:36 PM
45 HAVANA (FEAT. YOUNG THUNG) (Lançamento Músicas Mais Tocadas 2017-2018) Camila Cabello


lol
this song is terrible

Heather Duval
01-04-2018, 05:36 PM
BRAZIL ONE AND ONLY

http://belarusfeed.com/wp-content/uploads/2016/11/brazil_rio.jpg

Arent you from SP?

Raizen
01-04-2018, 05:38 PM
Most played songs 2017 in Brazil


As I said most are Brazilian singers, and some songs in English language.

and these dumbasses still say that brazilians suck the dick of gringos


Arent you from SP?
Yes

Heather Duval
01-04-2018, 05:49 PM
and these dumbasses still say that brazilians suck the dick of gringos


Yes

Prob because teenagers follows Justin Bieber and stuffs.

Raizen
01-04-2018, 05:52 PM
Prob because teenagers follows Justin Bieber and stuffs.

and korean girlish idols

Heather Duval
01-04-2018, 05:59 PM
Yes, their accent is different and some of the spelling is different but there is no doubts that we are talking of the same language.

Think of the differences between english and american.



Yes we do.

O Português de Angola é muito mais próximo de vocês, isso ctz vc já percebeu nas novelas. Na Angola, é costume falar " vosso", aqui no Brasil todos sabem o significado disto mas só pseudo cult que usa essas merdas. Todos nós sabemos e entendemos, mas ninguém se importa em falar "corretamente".

Raizen
01-04-2018, 06:02 PM
O Português de Angola é muito mais próximo de vocês, isso ctz vc já percebeu nas novelas. Na Angola, é costume falar " vosso", aqui no Brasil todos sabem o significado disto mas só pseudo cult que usa essas merdas. Todos nós sabemos e entendemos, mas ninguém se importa em falar "corretamente".

If someone uses vosso here people would laugh at him, we say '''seu''', '''tua''' etc here

Heather Duval
01-04-2018, 06:12 PM
If someone uses vosso here people would laugh at him, we say '''seu''', '''tua''' etc here

Nas provas de Portugues sempre tinha essas merdas de "Vosso", ninguém errava. Mas ninguém utiliza no dia a dia kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Heather Duval
01-04-2018, 06:13 PM
"Gostava" aqui é gostaria.

Heather Duval
01-05-2018, 01:39 PM
"'Vai malandra', de Anitta, é 1ª música em português entre mais ouvidas do mundo no Spotify"
https://g1.globo.com/pop-arte/musica/noticia/vai-malandra-de-anitta-e-1-musica-em-portugues-entre-mais-ouvidas-do-mundo-no-spotify.ghtml

102.234.250 de views no youtube em 17dias!!!

https://www.youtube.com/watch?v=kDhptBT_-VI

Alguém duvida que a lingua Portuguesa só é divulgada e pouco conhecida mundialmente por causa dos Brasileiros?
As musicas em Portugues mais famosas nos EUA, Europa etc São de cantores Brasileiros
HIT

https://www.youtube.com/watch?v=csaUvkYOkLY

Kriptc06
01-05-2018, 02:04 PM
Aqui na minha regiao, samba e pagode não são fortes, e poucos são fervorosos com carnaval, acho que tenho que agradecer a influencia hispanica de nossos vizinhos :]

è mais fácil achar quem goste de chamamé e música paraguaya de que samba, mas enfim xD

Heather Duval
01-05-2018, 02:07 PM
Aqui na minha regiao, samba e pagode não são fortes, e poucos são fervorosos com carnaval, acho que tenho que agradecer a influencia hispanica de nossos vizinhos :]

è mais fácil achar quem goste de chamamé e música paraguaya de que samba, mas enfim xD

Nojo. Samba é cultura Brasileira. Prefiro gostar de coisas do Brasil mesmo.

Heather Duval
01-05-2018, 02:34 PM
Uma das melhores cantoras e músicas de samba

https://www.youtube.com/watch?v=BgkEb_EHaP0

Heather Duval
01-05-2018, 02:35 PM
Ela no video dizendo que o samba que ela canta não tem nada a ver com o carnaval
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Heather Duval
01-05-2018, 03:35 PM
https://www.youtube.com/watch?v=hnEBukiUs8M
98% sambas de qualidade e músicas internacionais que faziam sucesso na época

lisarb
03-04-2019, 12:06 AM
porque musicas portuguesas não tocam no brasil se falamos a mesma "língua"!